O homem alto e magro desceu da boléia do caminhão GMC que trouxera sua mudança do interior. Trazia mulher e cinco filhos. Com a ajuda do motorista retiraram rapidamente os poucos pertences e colocaram em um barracão inacabado e pequeno (três cômodos).  Tinha na época quarenta anos, e até ali sua vida e seu trabalho se relacionavam ao meio rural. Nada entendia das atividades urbanas, mas isso não o intimidava. Há algum tempo já vinha querendo trazer os filhos para a Capital, para que tivessem mais chance de estudar e progredir. Tivera posses quando mais jovem inclusive uma fazenda que herdara do pai. No entanto não tinha  tino comercial e nem habilidades administrativas e isso custou-lhe a perda de tudo ao cabo de alguns anos, passando a trabalhar em propriedades alheias. Essa fase difícil o levou ao vício da bebida que o atormentou por muitos anos, e que num ímpeto de força de vontade resolveu abandonar naquela tarde chuvosa de fevereiro assim que pôs os pés na Capital. Pensou “De mim meus filhos não terão exemplo de vício nenhum”.

        Era um bairro pobre e pouco habitado e logo se deram bem com os poucos vizinhos. Ele saía diariamente procurando trabalho enquanto sua mulher, afeita aos afazeres domésticos cuidava da criançada. A falta de instrução formal e o desconhecimento dos trabalhos da cidade grande o levaram  encarar  pequenas atividades comerciais autônomas com o pequeno capital que trazia. foi uma época dura, mas no início do ano letivo, todos os filhos estavam frequentando e escola. Cansado das longas jornadas de trabalho mas feliz, ele se sentia gratificado por estar semeando em seus filhos as sementes do conhecimento que certamente os levaria longe na vida.

          Nunca teve ambição pessoal, hábitos simples, contentava-se com pouco, e concentrava-se sempre em obter o essencial para sua casa e sua família. A instrução apenas primária era  complementada com todo tipo de informação que podia absorver. Lia jornais, ouvia noticiários no rádio, e era extremamente atento as mudanças no mundo político, econômico e nas coisas do cotidiano. Opinava e debatia os mais diversos assuntos surpreendendo seus interlocutores geralmente mais instruídos.  Com o passar dos anos as dificuldade financeiras permaneceram porém ele via com orgulho a semente que plantara germinar. Seus filhos tomavam gosto pelos estudos e ano após ano foram progredindo com excelentes resultados. Enquanto ele e sua mulher lhes transmitiam valores importantes que trouxeram de berço: honestidade, solidariedade, ética,

         Não era perfeito e isso contribuía para faze-lo mais admirável ainda. Teimoso e irascível na defesa de seus pontos de vista. Era capaz de grandes discussões por temas fúteis e que não valiam a pena. Racista por hereditariedade, sua mãe nascera inda no tempo da escravatura e passara para ele sentimentos menores a respeito dos negros, que felizmente foram se atenuando ao longo da vida. Não tinha uma crença religiosa formada mas era mais próximo do catolicismo no qual todos os seus filhos foram batizados.

          Teve uma vida longa, chegou a poucos meses dos noventa. Sentia-se orgulhoso da família que criou, do sucesso cultural e financeiro de seus filhos. Nunca foi visto reclamando das dificuldades da vida, trabalhou até os oitenta e cinco. Nunca se afastou um milímetro dos princípios de honestidade, lisura, e ética. Chegava as vezes a ser uma figura opressiva na defesa da retidão e da verdade.

           Por todo o acima exposto, pela força, determinação de luta, desprendimento, generosidade, embora tivesse estatura pouco acima da média, aos meus olhos  e de meus irmãos  será sempre um GIGANTE esse era meu Pai.

2 Comentários

  1. Que maravilha ser filho de um pai GIGANTE em qualidades tão raras hoje em dia…. Temos muito do que nos orgulhar!!! Nossos pais e mães foram heróis na luta de nos criar e orientar para sermos pessoas de bem!!! Que saudades deles!!! Parabéns por expor de maneira tão linda os seus mais profundos sentimentos!!!!😘 Lindo primo!!!

    Curtir

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google

Você está comentando utilizando sua conta Google. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s