No alto vejo  a bandeira

Brincar nos braços do  vento

Tem as cores dos  desejos

Que em minha alma acalento

Tremula  leve e distraída

Sem sentir que filhos impuros

Incautos e indiferentes

Não se importam e nem hesitam

em provocar-lhe feridas

Esquecem o que representa

Pátria mãe, fonte de vida

Amor do  fundo no peito

Pergunto aos que a afrontam

Por que razão hasteá-la

Se não para ter respeito?

 

AVP-29/04/2020

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google

Você está comentando utilizando sua conta Google. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s

Este site utiliza o Akismet para reduzir spam. Saiba como seus dados em comentários são processados.